Bem-vindos, amigos visitantes!


A finalidade do blog SURDO HK é divulgar o trabalho de ensino especializado e os projetos desenvolvidos por profissionais que atuam na Escola Municipal de Educação Bilíngue para Surdos Helen Keller - EMEBS HK - São Paulo - Brasil.

Municipal Deaf Bilingual School Helen Keller – EMEBS Helen Keller – located in São Paulo City, SP, Braz

SOBRE NÓS...

Nossa história começou em 13 de outubro de 1952, a primeira escola pública de São Paulo a atender crianças surdas. Começamos em Santana, mudamos para o Ipiranga e nos estabelecemos no bairro da Aclimação em 1956.
Nestes 64 anos, presenciamos as transformações educacionais, linguísticas e culturais da Comunidade Surda Nacional, percorremos sua história, do oralismo ao bilinguismo.
Protagonizamos movimentos em defesa da educação para surdos, vivenciamos suas lutas e vitórias.
HISTORICAMENTE, a EMEBS HK transcende o Educacional, é um ESPAÇO SURDO legitimado pela comunidade surda e lideranças nacionais, palco de importantes eventos, discussões e deliberações políticas pelos DIREITOS DOS SURDOS.
Com o Decreto nº 52.785 de 10 de novembro de 2011, passamos de Escola de Educação Especial para ESCOLA DE EDUCAÇÃO BILÍNGUE PARA SURDOS e sobre esta concepção de ensino, a nota técnica nº10 do Programa Mais Educação de São Paulo, AFIRMA QUE... "reconhece o direito dos Surdos a uma educação bilíngue que respeite sua identidade e cultura, na qual a LIBRAS é a primeira Língua e, portanto, língua de instrução, e a Língua Portuguesa é a segunda, sendo objeto de ensino da escola na modalidade escrita."
O atendimento especializado foi ampliado sob a luz de novas legislações e hoje a EMEBS Helen Keller é uma escola voltada para educação de crianças, jovens e adultos com surdez, com surdez associada a outras deficiências, limitações, condições ou disfunções e surdocegueira.

Há pouco tempo, muitos destes alunos estavam em suas casas, excluídos do convívio educacional, e foi com muita coragem, empenho e disposição para estudos e pesquisas, que os professores da HK se especializaram ainda mais e assumiram a tarefa de receber esta demanda nas salas de surdos. É um trabalho diferenciado, pois as atividades são pensadas e planejadas individualmente; há uma ampla troca de experiências entre os professores e o compromisso em adaptar as atividades de acordo com as potencialidades e habilidades de cada aluno. As limitações não constituem uma barreira, mas um DESAFIO a ser superado!

24 de mai de 2015

"Cada um conta a sua história", nas aulas de Libras!!


Muitas crianças surdas, ao iniciarem a vida escolar, têm pouco ou nenhum conhecimento da Libras, por serem provenientes de famílias de ouvintes e, frequentemente, fazem uso de sinais caseiros ou de códigos familiares.




É na escola bilíngue para surdos, que a criança é apresentada e exposta a um ambiente linguístico rico em Libras e a partir deste contato, iniciam-se os processos de desenvolvimento linguístico, cognitivo e cultural e de construção da identidade surda.

A atenção visual de crianças surdas é fundamental para a aquisição e desenvolvimento da Libras, pois elas conhecem e apreendem as coisas do mundo através da visão – e isso inclui imagens, movimentos, cores, expressões – além da própria língua. 
Outro aspecto importante: o uso da Libras implica na capacidade de realizar configurações de mãos nem sempre simples para coordenação motora de uma criança.
Cabe ao professor do Componente Curricular Libras, buscar estratégias para trabalhar e entreter o campo visual do surdo, estabelecendo as condições necessárias para aquisição da Libras.
Dentro desta concepção de ensino para crianças, a Profa. Eugênia Tanaka, a Yo, criou o Projeto "Cada um conta a sua história": trata-se de contações de historias em Libras, protagonizadas pelos alunos do 2º Anos, que constroem seus personagens e utilizam ludicamente os objetos cenográficos nas suas histórias. 
Nas fotos, a paródia "Os Três Jacarezinhos", personagens representados por fantoches de papel.



















Sinal de língua de sinais





SURDO

O Surdo é uma pessoa que em virtude de sua


perda sensorial auditiva profunda, constrói seu

pensamento e cultura através da linguagem visual e 

gestual, e tem a LIBRAS como língua materna e oficial.



LIBRAS


A sigla LIBRAS significa Língua Brasileira de Sinais.


É a língua materna do surdo usada e difundida nas

comunidades surdas, como dispõe no decreto 

nº.5626/05, que regulamenta a Lei nº. 10.436. Possui 

estrutura gramatical própria, que não está vinculada a

língua oral, no nosso caso a língua portuguesa. 

Na composição da LIBRAS, um fator importante é 

expressão corporal e facial.

Nenhum comentário: